ACATE | Diretor da Senior aponta Inteligência Artificial como a principal tendência tecnológica para 2017

Santa Catarina é um polo de tecnologia e inovação. Prova disso é que o estado abriga 2,9 mil empresas de TI, que empregam mais de 47 mil colaboradores e faturam R$ 11,2 bilhões por ano, de acordo com a pesquisa ACATE Tech Report, desenvolvida pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia em parceria com a Neoway. O setor de TI catarinense produz soluções para todos os ramos, desde os mais tradicionais como Saúde até outros mais recentes como o Marketing Digital. Especialistas que estudam e desenvolvem essas tecnologias aqui no estado decidiram apostar, cada um em sua área, quais serão as grandes tendências de 2017.

E o Diretor de Desenvolvimento da Senior, Jean Paul Vieira, acredita que a Inteligência Artificial é a principal tendência tecnológica para 2017.

Jogar contra o computador e contar com a ajuda de dispositivos eletrônicos já são rotinas comuns na atualidade. A Inteligência Artificial, porém, tende a alcançar patamares ainda maiores nos próximos anos, impactando diretamente na forma como interagimos com o computador e como trabalhamos. A tecnologia já está entre as que mais recebem investimentos das grandes empresas, resultando em importantes inovações como o Watson, da IBM, e a Siri, da Apple. Segundo Jean Paul, a necessidade de ganhar tempo, clientes e dinheiro coloca a tecnologia como protagonista e aliada de consumidores e empresas, principalmente em um cenário como o atual.

“Sistemas que utilizam a inteligência artificial otimizam processos, agilizam atividades, contribuem para o engajamento e promovem a produtividade, objetivos buscados por grandes e pequenas empresas”, afirma.

A partir de 2017, aplicações de realidade aumentada, drones e assistentes virtuais devem passar a fazer parte do dia a dia das organizações.

“Na Senior, por exemplo, estamos trabalhando para que ao longo de 2017, quando um colaborador precisar saber informações sobre seu saldo de férias, ele pergunte à Sara, assistente virtual desenvolvida pela equipe de Pesquisa Aplicada da companhia, que deve continuar buscando evoluções tecnológicas que facilitem e simplifiquem os processos empresariais”, conta Jean.

 

  • A matéria na íntegra, publicada no site da ACATE, contém insghts de outros especialistas. Leia aqui.

Fonte: Senior