Conheça o sistema HCM e eSocial

Você sabe o que é sistema HCM e eSocial? Essas são novas tendências que estão cada vez mais em alta para serem utilizadas no RH das empresas. Se você ou sua empresa ainda não conhecem, vamos explicar.

Muitas pessoas, principalmente as que não estão por dentro de como realmente funciona uma empresa acreditam que o maior poder da empresa está no seu capital financeiro. Ou até mesmo no tamanho da empresa.

Porém, quem trabalha no RH ou é dono de uma empresa sabe que o Capital Humano, ou seja, as pessoas que trabalham na empresa é o que realmente importa. Sem elas para desempenhar suas funções de nada adianta ter uma empresa seja grande ou pequena, pois não tem como ela funcionar.

Até pouco tempo atrás a função do RH era bem clara. Trabalhar o capital humano. Isso permanece igual atualmente, porém a forma como esse capital agora é trabalhado mudou bastante. Hoje é importante maximizar ao máximo a produtividade de um profissional dentro da empresa, mas nem sempre isso é possível por uma série de motivos (quem trabalha em RH conhece bem isso).

Isso faz com que, por exemplo, profissionais que poderiam ser melhores aproveitadas em outras áreas não sejam ‘vistos’ pela empresa e não ganhem essa oportunidade de mudança. Dessa forma todo o potencial do capital humano não é explorado e isso gera ‘desperdício’ para a empresa. Sem contar que um profissional ‘não visto’ pela empresa acaba se desmotivando, produzindo menos e diminuindo ainda mais a força do capital humano.

Para resolver esses problemas que foi criado o sistema HCM e eSocial.

Sistema HCM e eSocial

Na verdade HCM e eSocial são dois sistemas diferentes mas que surgiram para facilitar a otimização do capital humano por parte do RH. Abaixo falaremos sobre cada um deles de forma separada.

HCM

Human Capital Management, é isso que significa a sigla HCM. Traduzindo ela, seu significado é Gestão de Recursos Humanos. Fazer essa gestão é função do RH da empresa, porém, como dito acima, nem sempre isso consegue ser feito da forma mais produtiva possível. Para isso que os sistemas de HCM foram criados, para otimizar e facilitar a Gestão de Recursos Humanos do RH.

Algumas funções do HCM

Muitas são as funções disponibilizadas por um sistema de HCM, mas uma das suas principais funções é a descentralização das informações.

Como funcionava antes?

O RH pegava as informações prestadas pelos demais funcionários e digitavam tudo em seu sistema para posteriormente ter acesso a esses dados sempre que necessário.

Isso demandava muito tempo de trabalho gasto pelo RH só para reunir essas informações. Tempo esse que poderia ser utilizado para outras funções tornando o setor mais produtivo.

Como funciona agora?

Com o sistema descentralizado os próprios funcionários têm acesso ao HCM por seus computadores pessoais ou por um App no Smartphone. Dessa forma o próprio funcionário preenche seus dados e demais informações necessárias que são integradas diretamente no sistema.

Assim o RH só precisa acessar as informações quando necessário, sem a necessidade deles mesmo cadastrarem as informações.

E essa é apenas uma das funções desse sistema. Abaixo listamos algumas outras disponíveis:

  • Pendências do RH com algum funcionário, como pendências de documentos, podem ser pedidas diretamente pelo HCM. O colaborador recebe a notificação diretamente em seu App e pode fazer a atualização sem precisar ir até o RH em muitos casos, fazendo diretamente pelo App
  • Os gestores de setores tem controle total da produção de cada funcionário do seu setor. Por exemplo, são colocados metas para cada colaborador no sistema. Quando o colaborador atinge tal meta ele marca como ‘concluído’ diretamente no seu App
  • O HCM aponta de forma automática colaboradores que estejam acima da média ou abaixo dela, chegando até mesmo a sugerir quais funcionários podem estar pensando em pedir demissão
  • O sistema pode sugerir treinamentos e mudança de setores ou ‘promoções’ para determinados funcionários
  • O colaborador pode enviar dúvidas para o RH ou para seus superiores pelo HCM
  • O colaborador pode deixar sugestões e críticas no sistema para otimizar a produção da empresa
  • Planejamento de férias da equipe pode ser feito de maneira colaborativa pelos funcionários
  • Identifica os profissionais mais talentosos de cada equipe ou setor.

Esses são apenas alguns exemplos de como um sistema de HCM pode aumentar a produtividade do seu RH e da sua empresa como um todo apenas com a descentralização das informações.

Pense no RH de uma grande empresa precisando fazer a atualização cadastral de seus 1000 ou 10000 funcionários. Imagine o quanto de tempo o RH perde tendo que fazer todas essas atualizações uma a uma. Pense também em quanto tempo a empresa perde quando cada um dos colaboradores precisa se deslocar por algum motivo até o RH.

Todo esse tempo é otimizado com um sistema HCM e suas dezenas de funções.

eSocial

O eSocial basicamente é um programa criado pelo governo federal que serve para enviar as informações dos funcionários de uma empresa. Esse programa, por enquanto, só é necessário para as empresas de alguns setores. Antes as empresas precisavam preencher alguns formulários separados para cadastrar os dados dos seus funcionários junto ao governo. Isso servia para apresentar ao governo que todas as questões trabalhistas e previdenciárias estavam em dia com aquele determinado funcionário.

O eSocial vem para unificar todos esses formulários em apenas um programa para facilitar a vida dos empregadores e também agilizar todo esse processo. Esse programa pode ser unificado com o sistema HCM da empresa, deixando tudo ainda mais prático para o RH.

No caso o funcionário presta suas informações no sistema HCM e ele automaticamente é enviado também para o eSocial, mantendo o cadastro do funcionário sempre atualizado junto ao governo federal também. Tudo isso é feito por meio de código de acesso ou certificado digital.

Em outras palavras o que o eSocial faz é enviar de uma única vez os dados para CAGED, GFIP e RAIS dos seus colaboradores. Isso facilita também o sistema de cobrança de tributos e FGTS dos funcionários por parte do Governo.

O que muda com o eSocial?

Para o RH a longo prazo o eSocial se torna uma ferramenta muito mais prática para prestar as informações de seus funcionários, uma vez que só é necessário prestá-las em um único sistema.

As informações prestadas sobre os funcionários precisam sempre estar atualizadas e corretas.

Inconsistências entre as informações prestadas e as informações reais podem gerar problemas da empresa com a receita federal e demais órgãos, bem como a aplicação de multas.

Conclusão

Tanto o sistema HCM como o eSocial vieram para facilitar a vida das empresas e dos seus respectivos RH.

Dessa forma é possível otimizar as informações prestadas tanto dentro da empresa quanto para o governo federal, agilizando assim os processos.

Uma empresa otimizada rende muito mais, tanto financeiramente quanto para a Gestão do seu capital humano.

Como dito lá no início, um profissional que se sente valorizado, integrado a empresa e que também tem voz ativa nela tem um rendimento muito maior que um profissional desmotivado.

Um profissional motivado também tem uma carreira muito mais longa dentro da empresa, principalmente quando ele recebe treinamento continuo e sente que tem potencial para evoluir hierarquicamente.

Fonte: Senior Sistemas

Tags: