Crescimento escalável: o que é e como colocá-lo em prática no seu negócio

Qualquer empresário tem o sonho de crescer e trilhar caminhos promissores. A questão é que isso, na maior parte dos casos, envolve custos para adaptar a estrutura ou contratar novos funcionários. Por isso, uma solução é apostar em formas de crescimento escalável, que permitam uma expansão mais sustentável.

O que é crescimento escalável?

De maneira geral, o conceito de crescimento escalável refere-se a negócios em que é possível expandir ou aumentar os ganhos sem a necessidade de que isso passe por um aumento nos custos do empreendimento. Este modelo de gestão mostra que nem sempre é preciso investir uma grande quantia para atingir um bom resultado.

O segredo de uma empresa escalável está na busca pela simplificação e padronização de todos os processos possíveis. Assim, ela conseguirá produzir mais em menos tempo e utilizando menos recursos, sem a necessidade de contratar novos profissionais ou mesmo investir em mais equipamentos.

Exemplos de crescimento escalável são mais comuns na área de tecnologia. É o caso de um aplicativo, por exemplo. A tecnologia é desenvolvida e disponibilizada para download. Independentemente do número de pessoas que utilizem a solução, não é necessário aumentar os custos para absorver a demanda.

Já para um restaurante é bem mais difícil escalar seus processos. Afinal, para crescer e atender mais clientes, é preciso aumentar a estrutura física e contratar mais funcionários, além de comprar uma quantia maior de alimentos para conseguir dar conta da nova demanda. Enfim, o volume de investimentos expande de maneira considerável.

No entanto, isso acontece, como falamos, de maneira geral, pois mesmo as empresas que não conseguem escalar seus processos podem encontrar algumas maneiras escaláveis de crescer. Ficou confuso? Calma, vamos explicar melhor.

Olhando para a operação do restaurante, ele só crescerá se aumentar os investimentos, certo? Mas e nos bastidores? Será que é possível escalar alguma atividade administrativa, por exemplo? A resposta é sim! Lembra do ramo de tecnologia que citamos anteriormente? Então, a situação é parecida.

Para entender melhor, vamos pensar na gestão do restaurante. Hoje, o empreendimento pode fazer isso por meios mais rudimentares, como anotações em cadernos, utilizando planilhas ou apostando em soluções mais modernas, que incluem softwares gerenciais. No caso das duas primeiras, não há maneira segura de escalar a atividade.

Isso porque, conforme a empresa vai crescendo, aumenta a complexidade da gestão, pois os números e as necessidades ficam maiores. Portanto, o caderno e a planilha ficarão defasados e até mesmo arriscados. Ou seja, não é seguro.

Já o terceiro caso varia. Existem algumas soluções que ajudam na gestão das empresas, mas muitos são limitados e acabam não lidando bem com volumes maiores de informações ou não oferecem as respostas que determinados negócios precisam.

No entanto, alguns sistemas ganham vantagem, pois são desenvolvidos com tecnologias que suportam um ganho de escala nos processos das empresas. Eles permitem que os negócios consigam expandir sem, necessariamente, aumentar de maneira significativa alguns custos administrativos.

Assim, a empresa pode contratar a solução e ter a segurança de que não precisará trocar de sistema quando chegar a tão sonhada hora de expandir, pois ele será capaz de acompanhar esse crescimento de maneira sustentável e segura. Além disso, não haverá perda de eficiência, já que a tecnologia garante qualidade independemente do volume de informações.

Ao contar com uma solução assim, o restaurante poderá, então, preocupar-se exclusivamente com a contratação de mais funcionários, ampliação do cardápio, construção de novas estruturas e fortalecimento do trabalho de marketing para atingir novos patamares.

Crescimento escalável por meio da computação em nuvem

Entre as tecnologias que permitem o crescimento escalável de determinados processos está a computação em nuvem. Com ela, as empresas passam a armazenar seus dados em ambientes externos e não mais em servidores próprios ou em computadores. Para acessá-los, basta ter um dispositivo conectado à internet.

Dessa forma, se o negócio crescer e passar a gerar um volume de informações maior, não será necessário comprar novos equipamentos, pois os dados estarão armazenados em servidores externos, que são muito mais flexíveis e podem ser facilmente adaptados à nova realidade da empresa.

Imagine um sistema de gestão empresarial funcionando nesse formato. O restaurante cresceu, aumentou o número de funcionários, o volume de estoque e a demanda de produção. Esse acréscimo de dados é facilmente suportado por uma solução baseada em computação em nuvem.

Além disso, esse tipo de solução permite que a sua equipe desenvolva os trabalhos em qualquer lugar com acesso à internet. Assim, enquanto um funcionário está a caminho de uma reunião, por exemplo, ele consegue acessar documentos importantes da empresa, fazer ajustes e deixar o material disponível para outros membros da equipe.

Soluções pensando em longo prazo

A computação em nuvem é apenas um exemplo do que é possível fazer para que qualquer negócio consiga atingir algum nível de crescimento escalável. Mas a questão aqui é que os empreendedores precisam ter em mente que é necessário sempre buscar soluções de longo prazo.

Isso significa que as suas ações nunca devem visar somente a resolução de um problema específico. É preciso vislumbrar o futuro e imaginar qual tipo de solução poderá trazer um benefício não somente imediato, mas em longo prazo. Automatizar o que for possível é uma saída viável, pois a empresa ganha em agilidade e, no futuro, conseguirá um crescimento escalável de maneira mais sustentável.

E no seu negócio, como funciona? Que tal começar a escalar agora mesmo seus processos? A WK Sistemas pode ajudar você nessa missão. Entre em contato com a gente e saiba como nossas soluções são preparadas para acompanhar o crescimento da sua empresa!

Fonte: WK Sistemas