Entenda o papel fundamental da análise de dados para a estratégia da sua empresa

Em um mercado tão competitivo como o que vem sendo desenhado, tomar decisões assertivas e rápidas pode acabar sendo muito decisivo e um diferencial entre os concorrentes. É a possibilidade de dar um passo à frente por meio de uma ação ágil e precisa. Para isso, a análise de dados aparece como a solução ideal. Com ela, você pega um grande volume de números e outros resultados do negócio e transforma tudo em informação útil na rotina da gestão. Assim, sua empresa cria subsídios para tomar as melhores decisões.

Análise de dados para garantir melhores decisões

Muitos empresários se acostumam com determinados modelos gerenciais. As contas vão fechando no fim do mês e há a sensação de que tudo vai bem. Mas será que não poderia estar melhor?

O mercado, cada vez mais competitivo e dinâmico, exige que as empresas se reinventem e quebrem paradigmas, do contrário, ficarão para trás. Na gestão, portanto, as decisões precisam ser tomadas de maneira ágil e cada vez mais assertiva, como falamos. E aí chegamos à tecnologia digital e, consequentemente, ao uso de dados que podem ser analisados e organizados de modo a ganhar uma forma inteligível e de fácil interpretação.

Nesse sentido, alguns importantes conceitos que fazem parte deste universo já estão à disposição das empresas. Basta aproveitá-los corretamente. Entenda melhor:

Business intelligence (BI)

Neste conceito, a ideia é que, a partir de um conjunto de técnicas e ferramentas, os dados, que podem ser de desempenho ou da estrutura do negócio, são coletados das mais diversas áreas. Tudo é armazenado, processado e transformado em indicadores, que são apresentados por meio de relatórios ou painéis.

A partir daí podem ser retiradas ideias para ações e panoramas do negócio. Dessa forma, os gestores podem tomar decisões inteligentes com base em fatos realmente precisos, não em suposições. Eles vão visualizar as informações e, em um período de tempo muito mais curto, decidir o que fazer.

Na gestão financeira, por exemplo, o BI permite que a empresa tenha à disposição painéis financeiros para acompanhamento de contas a pagar e a receber, análises de dados por clientes ou fornecedores e visualização fácil do que entrou e saiu do caixa.

Além disso, o business intelligence permite comparar juros, multas e descontos de transações, aponta quais os dias de maior movimentação e quais são os clientes ou fornecedores com valores mais altos a pagar ou a receber, além de acompanhar a inadimplência dos clientes por quantidade de títulos, valores, média de dias e índices.

Para conhecer ainda melhor o poder do BI, confira o e-book que preparamos sobre este conceito:

Big data

Este conceito trata da possibilidade de coletar, armazenar e processar, por meio de soluções tecnológicas, uma enorme quantidade de dados nos mais variados formatos, sejam eles estruturados ou não. Uma das grandes vantagens aqui, além do volume de informações, é a velocidade como tudo isso acontece, quase sempre em tempo real.

Vamos pensar novamente no setor financeiro. O big data permite, por exemplo, a coleta de uma grande quantidade de dados relacionados às entradas do caixa, comportamento dos clientes, saídas e outras informações que, quando processadas, podem proporcionar insights poderosos.

Quer dizer, todos esses dados são transformados em informações úteis para as empresas. Tendo, por exemplo, estatísticas de comportamento e tempo de execução, os gestores podem fazer planejamentos mais assertivos, que possibilitem o aumento no uso eficiente da capacidade dos recursos. Além disso, os processos também podem ser revistos a partir da leitura desses dados, pois fica muito mais fácil ver o que está ou não dando certo e visualizar mudanças ou adaptações com mais precisão.

Inteligência artificial

O conceito de inteligência artificial vem trazendo novas possibilidades para a gestão, principalmente quando falamos das indústrias Com essa tecnologia, os gestores conseguem prever erros, tomar decisões e solucionar problemas em velocidade nunca antes vista. Como consequência, reduzem custos, aumentam a produtividade e ganham lucratividade.

Nós reforçamos aqui a atenção para esse conceito porque é fato que ele já está impactando o mundo dos negócios de maneira global. Segundo estudo realizado pela consultoria BCC Research, o mercado de máquinas inteligentes, que abrange robôs autônomos, softwares, sistemas especialistas e outras ferramentas, deve chegar a US$ 15,2 bilhões em 2019, US$ 9,9 bilhões a mais que em 2013, o que demonstra um crescimento médio anual de cerca de 20%.

Diante desses números, que tal utilizar softwares inteligentes na gestão da sua empresa também? Além da inteligência aplicada às máquinas e aos robôs do chão de fábrica, para ter sucesso em sua administração e contar com informações precisas que apontem em tempo real gaps e oportunidades por meio de indicadores de negócios, é necessário ter um sistema amplo, integrado de ponta a ponta, de forma que consolide todas as áreas da empresa. Como vimos, boas soluções ERP estão aí para dar conta de tudo isso.

Internet das coisas

Internet of Things (IoT, ou, em português, internet das coisas) é outro conceito que deve estar em pauta quando falamos da transformação tecnológica. Afinal, ele prevê que, cada vez mais, os mundos físico e digital se tornem um só por meio de dispositivos que se comuniquem uns com os outros, os data centers e a nuvem. Assim, alavanca todo o potencial dos softwares e da internet para facilitar a rotina.

De acordo com o Gartner Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia, em 2020, o mundo já contará com 50 bilhões de dispositivos conectados. O impacto disso na economia é gigante. A movimentação deve girar em torno de 1,7 trilhão de dólares. Fica claro, assim, que a internet das coisas não apenas tem potencial como irá impactar o mercado tanto na maneira de produzir, como na forma de consumir. O Gartner prevê também que até 2020 mais da metade dos novos negócios irão incorporar algum elemento da IoT.

E então, sua empresa está preparada para modernizar a gestão e entrar de vez no movimento digital? Compartilhe sua opinião com a gente! Deixe um comentário no espaço abaixo ou, se preferir, entre em contato diretamente com a nossa equipe. A WK está à disposição para ajudar você a coletar e analisar os dados de modo a tomar sempre as melhores decisões para o seu negócio.

Fonte: WK Sistemas