Inteligência Artificial: como a tecnologia beneficia pessoas e indústrias

Esqueça a ficção científica: se Inteligência Artificial (IA) parecia um conceito distante, pertencente a filmes de Hollywood, essa realidade já mudou. A Inteligência Artificial existe e está presente no nosso dia a dia em jogos, aplicativos de segurança, reconhecimento de voz e, inclusive, na assistente virtual dos celulares. “A Inteligência Artificial é uma das tecnologias de vanguarda na 4ª Revolução Industrial. Além de fazer parte da nossa rotina, promove uma grande movimentação na economia ao apoiar as indústrias com mais assertividade, melhoria de processos, aumento na qualidade e produtividade”, explica Felipe Couto, gerente do HUB de Inteligência Artificial Senai, localizado em Londrina.

Para incentivar e facilitar a adoção de IA pela indústria brasileira, o HUB de Inteligência Artificial Senai atende companhias de todos os portes e localidades. Entre as ações desenvolvidas está a Residência em IA, programa inovador que ajuda a formar capital humano apto a desenvolver e aplicar as tecnologias de Inteligência Artificial às necessidades da indústria. “Nesse formato de programa, proposto pelo Senai, os profissionais podem praticar técnicas de ciência de dados, machine learning, visão computacional, computação de alto desempenho, dentro de empresas parceiras que trazem suas demandas”, exemplifica Felipe. Similar a uma residência de saúde, os estudantes recebem uma bolsa e passam parte do seu tempo pesquisando no HUB, e outra parte dentro das indústrias, resolvendo os problemas propostos.

A Cocamar Cooperativa Agroindustrial é um dos parceiros da Residência de Inteligência Artificial. Por meio de seu programa de inovação, Cocamar Labs, procura promover ideias, processos e modelos de gestão para os cooperados – e encontrou no HUB do Senai uma ótima oportunidade para expandir a iniciativa. “A Cocamar busca se relacionar com todo o ecossistema da nossa região em busca de parcerias que possam acelerar esses processos tecnológicos. No Programa de Residência, vimos muito potencial no desenvolvimento de soluções para os cooperados e para o ecossistema de inovação”, afirma Paula Cristina Agulhas Rebelo, gerente executiva de TI e Gestão da cooperativa.

Outra empresa parceira é a QExpert, que atua com o desenvolvimento de projetos com análise de dados. Ao conhecer a proposta do HUB de IA, a empresa solicitou um estudo sobre metodologias de identificação de sonolência por meio de imagens captadas por câmeras de vídeo. O propósito: monitorar motoristas e funcionários em situação de risco para segurança preventiva.

O projeto, que está em andamento, já teve uma apresentação de resultados prévia, que superou as expectativas. “Precisamos de pessoal capacitado e temos um imenso desafio: há escassez de profissionais nessa área. Nossa demanda por IA é crescente e existe um abismo entre demanda e oferta, com diversas funções disponíveis para cada profissional de IA verdadeiramente capacitado”, conta Jared Andrade, CEO da empresa. “Esperamos que no fim dessa residência possamos contratar os residentes que mais se destacarem para fazer parte do nosso time de especialistas em IA”, aponta.

As inscrições para os candidatos a residentes da turma de 2020 estão abertas pelo site: https://www.senaipr.org.br/tecnologiaeinovacao/nossarede/hubia/residencia-1-36629-428622.shtml.

Já as empresas interessadas em conhecer mais as soluções do HUB de Inteligência Artificial Senai encontram mais informações aqui: https://www.senaipr.org.br/tecnologiaeinovacao/nossarede/hubia/

Tags:
WhatsApp
Posso ajudar?
Olá, como posso ajudá-lo(a)?
Powered by