Multinacionais pouco influenciam o mercado de ERP no Brasil

Apesar de ainda existir muita fragmentação entre as desenvolvedoras brasileiras, players nacionais dominam.

Multinacionais pouco influenciam o mercado de ERP no Brasil

De acordo com a primeira pesquisa sobre o mercado de ERP no Brasil, elaborada pelo Portal do ERP – site especializado no mercado brasileiro de sistemas de gestão – a Senior figura entre as Top 5 e as multinacionais com produtos para pequenas empresas ainda não exercem influência no setor.

Por ser uma empresa brasileira, a Senior tem vantagem competitiva em relação às multinacionais ao apresentar agilidade por conhecer em profundidade questões que impactam nos negócios de seus clientes, como as relacionadas à legislação nacional, bem como sua capilaridade. O panorama engloba 3,1 mil empresas – a maioria delas de pequeno e médio porte.

O portfólio da Senior é composto por soluções em ERP, gestão de pessoas, acesso e segurança, de performance corporativa – como BI e Workflow – e um pacote completo de implantação, consultoria e suporte em TI; todas também disponíveis em Cloud Computing. As soluções são direcionadas a clientes de todos os portes e têm como objetivo garantir total domínio sobre informações e processos empresariais. Para pequenas e médias, a companhia tem uma solução específica com fácil implantação e custos reduzidos de infraestrutura.

“Nossas soluções permitem ajudar as organizações a estarem em compliance com as boas práticas e padrões legais por contarem com ferramentas que permitem às empresas mostrar e comprovar ao mercado que interpretam com efetividade as leis que regem suas atividades através de eficiente controle interno e atenção aos riscos operacionais”, detalha diretor de Mercado da companhia, Hermínio Gastaldi.

Ao estarem em compliance, as organizações conquistam, além do reconhecimento do mercado, benefícios que trazem vantagem competitiva ao negócio, como desconto em linhas de crédito e melhor retorno dos investimentos.

SEGMENTOS

A pesquisa também traz dados segmentados por setor da economia, o que revela a força de alguns players por segmentos. Em agronegócio, se vê a maior fragmentação, com 40% do mercado em mãos de “Outros”. Na área de distribuição e logística aparecem alguns players de nicho e a Senior se destaca com uma participação relevante: 6,8%.

 

Fonte: Senior

Tags: