Senior anuncia receita de R$ 116,8 milhões no primeiro semestre de 2016

Empresa encerrou os seis primeiros meses do ano com crescimento de 16% e EBITDA de R$ 22,6 milhões, impulsionados principalmente pelas ofertas em Cloud Computing.

Especializada na oferta de software para gestão empresarial, de pessoas, logística e de controle de acesso – encerrou o primeiro semestre de 2016 com uma receita bruta acumulada de R$ 116,8 milhões, o que representa um crescimento de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior, e EBITDA de R$ 22,6 milhões,25% maior que nos mesmos seis meses de 2015. Os resultados financeiros foram impulsionados pelas vendas de soluções sob demanda, que apresentaram crescimento de 27%, e de serviços de Cloud Computing, com aumento de 159%, em relação ao mesmo período do ano anterior. Reforçando a expansão dos negócios, a Senior registrou crescimento de 58% na Filial NE, seguida pela Filial RS com 34%.

“A Senior tem crescido de forma consistente mesmo diante de um cenário macroeconômico desafiador. Consolidamos nosso posicionamento e oferta para empresas que buscam soluções robustas para gestão, com qualidade e preços justos, que ajudem a reduzir custos e automatizar processos, trazendo ganhos de produtividade”, afirma Carlênio Castelo Branco, CEO da Senior.

A vertical de agronegócio destacou-se com forte crescimento: 66% no primeiro semestre de 2016. Os resultados positivos refletem o foco da companhia no setor, oferecendo um amplo portfólio, que inclui soluções para processos e gestão de pessoas. Outro destaque é a plataforma de gerenciamento operacional e apontamento de campo, desenvolvida pela startup M2Agro, Unidade de Negócio da Senior, que simplifica e garante maior eficiência para as operações diárias do agricultor.

Ainda no primeiro semestre de 2016, a Senior aumentou em 16,7% os seus investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação, somando R$ 18,3 milhões aplicados na inovação das soluções de gestão empresarial, mobilidade e workflow. Os valores também foram investidos no desenvolvimento das startups incorporadas pelo programa de aceleração Inove Senior: Citrum, Conta Mínima e M2Agro.

No mesmo período, a companhia investiu em ações para reforçar ofertas voltadas a ajudar as empresas a se adaptarem ao programa do Governo Federal, o eSocial, e promoveu uma série de eventos para mais de 500 clientes com a finalidade de apoiar as organizações a terem um RH mais atuante, a partir da melhor gestão de pessoas, retenção de talentos e aumento da produtividade. “Essas ações estratégicas melhoraram a exposição de nossas soluções nesses setores e contribuíram para o resultado semestral”, afirma o CEO da Senior.

Senior anuncia receita de R$ 116,8 milhões no primeiro semestre de 2016

Resultados do segundo trimestre

No segundo trimestre de 2016, a Senior contabilizou uma receita bruta acumulada de R$ 62,2 milhões, um crescimento de 11% em relação ao mesmo período no ano anterior, e EBITDA de R$ 14,4 milhões. O crescimento se deve, principalmente, pelos projetos voltados para automatização de fluxos de trabalho e customização de produtos.

Entre os fatores que potencializaram o crescimento no período estão a expansão territorial por meio da aquisição da Unidade Minas Gerais, canal de distribuição de soluções da marca no estado mineiro, realizada no segundo trimestre de 2016. Com a negociação, a empresa incorporou uma carteira de 245 clientes e um faturamento anual de aproximadamente R$ 13 milhões. O segmento de RH seguiu como a linha de produtos com maior receita para a Senior no segundo trimestre, somando R$ 27,4 milhões, seguida por ERP, com R$ 24,5 milhões.

Fonte: Senior