Tecnologia: 5 tendências para adotar em um negócio

O Brasil possui mais de 116 milhões de pessoas conectadas à internet. De acordo com o IBGE, são 10 milhões de novos usuários a cada ano. Isso significa ser um dos países mais conectados do planeta.

Além disso, os brasileiros costumam comprar e vender nas redes sociais e também em lojas online. O comércio via web no Brasil tem números relevantes. Só em 2018, o e-commerce lucrou mais de 53 bilhões de reais. O crescimento foi de 12%, mesmo em uma época considerada de crise econômica.

Por tudo isso, é importante entender o quanto investir em tecnologia é essencial para alavancar vendas, melhorar os lucros, dar mais credibilidade ao negócio e aumentar a divulgação por redes sociais e outros meios.

Algumas tendências já são quase obrigatórias em empresas que atuam no século XXI. A seguir, algumas dessas opções serão descritas para quem deseja incrementar e melhorar o próprio negócio.

1. Utilizar uma boa base de dados

Hoje em dia, praticamente toda a estratégia de uso da internet está envolvida com mineração de dados. Assim, em um universo gigantesco de informações, profissionais da área de big data analisam cada um desses códigos. Além de separar e utilizar aqueles de interesse da empresa.

Isso é feito o tempo todo, em qualquer lugar da internet. Basta ver as propagandas nas redes sociais, as formas como as empresas interagem com os clientes e outras estratégias comuns.

Por isso, investir nesse tipo de profissional e de técnica é muito importante. Afinal, para o mercado atual, trabalhar com dados faz toda a diferença na busca por cada vez mais e melhores clientes. 

2. Ter um excelente atendimento ao cliente

Para vender nas redes sociais, lojas virtuais e até físicas, é necessário ter um excelente atendimento ao consumidor. Pesquisas mostram que mais de 66% dos clientes deixam de fazer uma compra pelo mau atendimento. Em 2016, por exemplo, o mercado deixou de receber mais de 200 bilhões de dólares por esse mesmo motivo.

Esses dados revelam a importância de se investir em um relacionamento com o consumidor de qualidade. Para isso, não basta apenas ter vários canais. Eles precisam funcionar bem.

Para quem atua na internet, existe a possibilidade de usar e-mail, chat online, inbox das redes sociais. Além do telefone que ainda se faz necessário. Quanto mais opções tiver, melhor para o cliente, desde que sejam todas de qualidade.

A grande referência de bom atendimento é a resolução do problema do cliente em questão de minutos. Essa deve ser a meta de toda e qualquer empresa. 

3. Automatizar os processos

A inteligência artificial, os softwares, os aplicativos, todos eles estão aí para ajudar o empreendedor. Automatizar os processos de uma empresa deixou de ser um luxo para se tornar uma necessidade.

Hoje em dia, quem não automatiza a maior parte ou todos os processos fica para trás. A automação traz uma série de vantagens: economia de dinheiro, de tempo, mais eficiência, menos erros e a integração entre todas as áreas de uma empresa.

Uma possibilidade de utilização da tecnologia nessa integração de processos é a automação de pagamentos. Com ferramentas como essa, os recebimentos via boletos, carnês e cartões de crédito ficam mais simples e rápidos.

O empresário pode transformar tudo em digital, conectado, integrado. Desde as vendas, o marketing, o atendimento, até o estoque, o almoxarifado e o controle financeiro. 

4. Personalizar a marca

Uma vantagem do avanço tecnológico é a não necessidade de utilizar softwares e produtos tecnológicos iguais aos de outras empresas. Existem diversas possibilidades de personalização na construção de aplicativos e de inteligência artificial.

Para o sucesso do negócio, é essencial aumentar a sua eficiência.  Neste sentido, ter um software que é apenas da empresa, que é exclusivo e que traz resultados específicos pode ser um diferencial nos processos. 

Muitas dessas ferramentas já estão disponíveis no Brasil, no exterior e onde o empreendedor quiser. Boa parte delas têm um valor justo, que pode ser utilizado por qualquer empresa, da menor para a maior. 

5. Investir em mobilidade

A principal transformação tecnológica dos últimos anos foi o investimento em mobilidade. As pessoas, praticamente, abandonaram o computador de mesa tradicional para o tablet, o laptop e o celular.

Essa transformação na experiência do usuário também pode modificar a forma como as empresas lidam com a tecnologia. Uma loja, seja virtual ou física, precisa ter um aplicativo que forneça os produtos, as informações e o atendimento. A mesma ideia vale para outros tipos de empreendimento, principalmente os que lidam diretamente com o consumidor final.

Além desse tipo de mobilidade, os próprios colaboradores da empresa precisam ter na palma da mão os instrumentos de trabalho. Por isso, a inteligência artificial, os aplicativos de organização e as estratégias de trabalho têm que estar disponíveis para celular e tablet.

Entender a importância do uso correto e sistemático da tecnologia é essencial para quem deseja empreender no século XXI. Esse novo modelo de empresa vai muito além de vender nas redes sociais ou apenas divulgar uma marca. Todo o método de trabalho atual é tecnológico e online. Para entender mais sobre isso, este outro texto traz informações relevantes sobre a importância da tecnologia para os negócios!

Fonte: Exame

Tags: