Terceiro Setor: como garantir sustentabilidade e continuidade?

As Instituições do Terceiro Setor tem como um de seus fatores mais importantes a TRANSPARÊNCIA, o que lhes possibilitam a captação de recursos, necessários para a sua sustentabilidade e continuidade. O fortalecimento da gestão institucional em seus processos e controles, com a capacitação do corpo técnico e administrativo é primordial para garantir a capacidade da geração de dados, que serão utilizados para os controles internos e externos (Auditorias, Financiadores, Diretores, Governo). Garantir a correta aplicação dos recursos contratados, dando maior CREDIBILIDADE e SEGURANÇA frente aos financiadores e parceiros é, portanto, essencial para garantir novos recursos e a continuidade dos projetos.

Alguns fatores imprescindíveis às instituições do Terceiro Setor:

  • Tempestividade, de modo a atender no menor espaço de tempo possível, as solicitações de informações, em um cenário altamente dinâmico e que necessita de dados de forma ágil e confiável para a captação de recursos;
  • Estruturação e entendimento do plano de contas/orçamento de modo a proporcionar, de forma correta, a extração de informações;
  • Atendimento de forma particular a cada financiador através de prestação de contas, de acordo com o formato de prestação de contas exigido, com auditorias periódicas por financiador e institucional, para dar aval e credibilidade ao uso de recursos, o que certifica a instituição junto aos seus financiadores e parceiros;
  • Constante uso de informações gerenciais, fazendo com que este controle tenha grande relevância, assim como, a importância da correta geração das informações obtidas através destes relatórios;
  • Controle patrimonial, exigência necessária para controle com separação entre os bens da Instituição (sem restrição) e o bens de projetos/financiadores (com restrição) e;
  • Controle orçamentário dos projetos, que permite o acompanhamento dos gastos em relação ao orçamento junto aos financiadores dos projetos contratados.

SOLUÇÕES WK

O ERP Radar Empresarial representa uma importante ferramenta para atender às necessidades do Terceiro Setor, por seus recursos e possibilidades abrangentes, para uso em suas diversas áreas e tipos de controles de forma segura e confiável, que se reflete na transparência das informações, fator imprescindível para estas instituições.

O estudo e estruturação dos planos de contas contábil e gerencial (Radar Contábil) são de suma importância, pois representam a espinha dorsal para a análise de informações, visto que precisa ser pensado de acordo com as particularidades e exigências de cada financiador. Outro importante recurso diz respeito à geração de diversos relatórios de acompanhamento, inversão e composição gerenciais, que oferecem inúmeras possibilidades de apresentação das informações, sendo uma ferramenta extremamente importante para extração e análise de dados, para atender administradores, pesquisadores, financiadores, parceiros e auditores.

O controle patrimonial (MT Patrimonial) das entidades do Terceiro Setor possui particularidades, e é de essencial importância para a organização do imobilizado, pois há necessidade que este controle seja apresentado de diversas formas. Já o controle orçamentário (Radar Orçamento) possui um diferencial que permite, de forma clara e transparente, acompanhar os gastos orçados e realizados por projeto/financiador para tomadas de decisões, remanejamento de recursos, conferência de informações, prestações de contas junto aos financiadores dos projetos contratados, entre outros.

Casos de Sucesso WK – Terceiro Setor

Fonte: WK Sistemas