Gestão de Pessoas nas organizações e o futuro do RH

Entenda o funciona do Gestão de Pessoas nas organizações e o futuro do RH

Já parou para refletir a importância do capital humano dentro de uma empresa? Uma organização só existe porque é administrada por pessoas, feita por pessoas e para outras pessoas. Isso pode parecer óbvio, mas precisa ser dito: gestões que ainda não têm consciência de que os colaboradores são o coração da empresa podem acabar acumulando diversos problemas. Principalmente quando falamos de sucesso e de lucro, fatores que dependem diretamente da responsabilidade das pessoas que atuam nessa empresa.

Gestão de Pessoas nas organizações

O departamento de Gestão de Pessoas surgiu através dessa preocupação das organizações em valorizar o capital humano para garantir o sucesso da empresa. A área tem como principal missão administrar os comportamentos internos e potencializar o capital humano nas organizações. Ou seja, o setor possui a grande responsabilidade de colaborar com o crescimento da empresa através da evolução do profissional.

Implantar um departamento de Gestão de Pessoas nas organizações é investir na equipe e garantir que cada um dos colaboradores tenha a oportunidade de desenvolver as suas habilidades dentro do ambiente corporativo. Consequentemente, a evolução dos funcionários fortalece a empresa, colabora para o crescimento dos resultados e incentiva o sucesso da empresa.

A tendência é que este investimento no capital intelectual seja cada vez maior e mais forte. É muito provável que cada vez mais as empresas se preocupem com métodos de inovação e novas práticas de gestão para que desenvolvam, fortaleçam e aperfeiçoem as suas equipes. Assim, há uma mudança no foco das empresas: agora, além da preocupação com os resultados, também há uma atenção maior para o crescimento das pessoas.

RH Digital e os impactos para a Gestão de Pessoas

As inovações da tecnologia têm impactado cada vez mais em diversos setores do universo corporativo. Na área de recursos humanos e especificamente no setor de Gestão de Pessoas, a transformação digital está gerando mudanças significativas e revelando um futuro que já começou. São muitos desafios, porém essas transformações estão repletas de novidades.

Com a tecnologia, as tarefas manuais que hoje exigem muito tempo do profissional de RH podem ser executadas com muito mais agilidade por softwares de Gestão de Pessoas. Além disso, esses sistemas não só automatizam os processos,como também agregam facilidade, rapidez e mais exatidão nos resultados, diminuindo a necessidade de retrabalho.

Na área de RH especificamente, atividades importantes podem ser automatizadas e possibilitam que a equipe de recursos humanos tenha mais tempo para se dedicar à gestão de pessoas. Ao invés de dedicar a maior parte do tempo administrando férias e gerando folhas de pagamento, a equipe pode focar em processos de seleção, capacitação e inovação para a equipe.

Assim, o trabalho desempenhado pelo setor deixa de ser altamente operacional e se transforma em um RH estratégico, onde a atenção principal deixa de ser voltada aos números e passa a focar na capacitação das pessoas.

Benefícios da transformação digital para a Gestão de Pessoas

As vantagens de ter um departamento de Gestão de Pessoas com recursos digitais são inúmeras. E ao implantar um sistema automatizado, tanto empresa quanto colaboradores saem ganhando. Você tem interesse em saber quais os principais benefícios da transformação digital para a Gestão de Pessoas? Fizemos uma lista explicando alguns itens pra você. Acompanhe!

Facilidade para acompanhar indicadores

A tecnologia também pode ajudar no monitoramento de indicadores de desempenho e pesquisa de clima, por exemplo. Com os dados obtidos e a análise de cada um dos indicadores, é possível avaliar a gestão, traçar novas estratégias baseadas nos dados coletados e aprimorar os processos dentro da empresa. Assim fica muito mais fácil garantir a equipe satisfeita!

Aumento do engajamento dos colaboradores

E falando em satisfação, com uma Gestão de Pessoas automatizada, o departamento pessoal consegue mensurar a satisfação, a motivação e o engajamento das equipes com muito mais facilidade. A tecnologia facilita esse processo porque através dela é possível realizar pesquisas, enquetes e até dinâmicas que apontem como está o clima organizacional.

Transparência na autorização de benefícios

Os benefícios representam um tópico muito importante para os funcionários e ele conta muito na atração e retenção dos colaboradores. Hoje, oferecer benefícios a equipe pode ser considerado um forte diferencial competitivo no mercado corporativo. Nesse cenário, a transformação digital facilita a coleta de dados, a autorização e o gerenciamento dos benefícios de cada funcionário.

Facilidade nos processos de recrutamento e seleção
A escolha de novos funcionários é uma etapa muito importante para uma empresa. Uma contratação errada pode desmotivar uma equipe inteira. Por isso, é fundamental investir em um software que ajude a tornar esse processo o mais assertivo possível.

Autogerenciamento

Esse fator é, provavelmente, um dos mais importantes. O conceito de que cada colaborador é responsável pela sua própria rotina e quando deve entregar as suas atividades é imprescindível na transformação digital da Gestão de Pessoas. Assim, cada colaborador tem a oportunidade de ser responsável pelo seu dia a dia, o que elimina processos ultrapassados e simplifica o trabalho do RH.

Por outro lado, essa autonomia aumenta a transparência entre o profissional e a organização, além de facilitar também a rotina dos líderes.

O que esperar para o futuro?

A forma de gerenciar pessoas vai continuar em transformação. E caso a sua empresa ainda não esteja se preparando para isso, é hora de começar a pensar nos primeiros passos para implantar mudanças na sua organização. Em outro post do nosso blog, falamos sobre 6 passos para implementar a transformação digital na sua empresa.

Mas quais as tendências para o RH nos próximos anos? Considerando que a Gestão de Pessoas desempenha um papel fundamental no mundo corporativo, as mudanças para o futuro devem continuar desenhando um cenário que, em partes, já é a realidade de algumas empresas. Nossa equipe separou as principais tendências abaixo:

Jornada de trabalho flexível

Isso não é novidade para muitas empresas. Startups, por exemplo, são bastante conhecidas por oferecerem horários flexíveis aos funcionários. Isso funciona muito em segmentos que trabalham com entregas e não com produção. Porém, a transformação digital deve ampliar esse benefício e fortalecer cada vez mais essa tendência, possibilitando que todos os segmentos possam trabalhar com mais flexibilidade.

Integração entre RH e TI

Ao integrar TI com RH, a garantia de organização, atualização e a segurança das informações é multiplicada. Assim, ambas áreas também têm acesso aos mesmos dados simultaneamente e podem traçar estratégias em conjunto para facilitar o fluxo de trabalho e a rotina dos colaboradores.

Inteligência artificial

O uso de inteligência artificial já chegou ao RH e ajuda a amadurecer a cultura organizacional. Por meio dessa tecnologia e de outras ferramentas, você consegue gerenciar os colaboradores de forma estratégica pela coleta, análise e organização de informações. A IA (sigla para inteligência artificial) ainda colabora para a criação de planos de desenvolvimento de carreira mais alinhados aos interesses pessoais de cada indivíduo.

Fonte: Senior Sistemas